Locais
Alunos do Profuncionário conhecem práticas de reciclagem dos resíduos em Ponta Porã
Data da publicação: 25-04-2017 9:09:40
Um grupo formado por alunos do curso Técnico em Infraestrutura escolar oferecido pelo Profuncionário em Ponta Porã, desenvolveu uma série de visitas a locais que desenvolvem ações fundamentais para preservação do meio ambiente. O grupo, coordenado pela professora tutora Eliana Vargas, visitou empresas, locais públicos e conheceu práticas que têm colaborado bastante para diminuir a poluição ambiental no município.

A série de visitas foi iniciada na empresa JG Materiais de Construção e Caçambas, onde o grupo pôde conhecer de perto o trabalho de recolhimento e reaproveitamento de resíduos sólidos da construção civil. Hoje o setor é um dos mais procurado também para  aproveitar o que é desperdiçado nos canteiros de obras.

            Também foi feita uma visita à empresa Paladini, especializada na comercialização de materiais recicláveis. A empresa possui uma grande estrutura para recebimento dos materiais recicláveis coletados por dezenas de pessoas, todos os dias, nas ruas das cidades de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero. Desta forma, contribui para a preservação do meio ambiente e também proporcionando renda para diversas famílias.

            O recolhimento de metais e sua destinação adequada através da reciclagem também foram abordados durante o passeio da turma do Profuncionário. Para isso, o grupo esteve conhecendo o funcionamento da estrutura da empresa Rio Preto Metais.

            Ainda foi feita uma visita à empresa Plast Plus, especializada na reciclagem de materiais plásticos, como as garrafas pet bastante utilizadas como embalagens de bebidas. O grupo ainda visitou o Aterro Sanitário, depósito de lixo da Prefeitura, para conhecer a realidade da destinação dos resíduos sólidos coletados diariamente na cidade.

            O grupo ainda esteve no Parque dos Ervais, a maior área pública de lazer da comunidade fronteiriça. No local, tiveram uma aula sobre a diversidade da flora, caracterizada por plantas nativas da região e também espécies de outras localidades como o Pau- brasil, mais comum no nordeste brasileiro.

            A tutora do curso técnico em Infraestrutura Escolar, Professora Eliana Vargas, explicou que as atividades desenvolvidas com o grupo têm como objetivo debater a temática relacionada ao Meio Ambiente, Sociedade e Educação. “Nosso objetivo principal é conscientizar os alunos, professores e funcionários das escolas sobre os problemas relacionados ao lixo produzido diariamente pela população. Nesta atividade com o grupo do Profuncionario procuramos mostrar os problemas e também as soluções desenvolvidas pelas empresas de Ponta Porã”, informou Eliana.

            Segundo ela, outro objetivo é desenvolver uma consciência crítica na busca pelo desenvolvimento sustentável, procurando reduzir a destruição dos recursos naturais, a poluição ambiental e conscientizar sobre a importância da reciclagem dos resíduos sólidos. “Enfim, procuramos divulgar no grupo a necessidade de uma mudança de atitude”.

            O conteúdo básico deste trabalho realizado no sábado consiste em noções básicas de ecologia, meio ambiente e sua preservação. Também contribuições de física, química e biologia. O equilíbrio ecológico, a ocupação, pelo homem, da natureza do território brasileiro em especial do município.

            O passeio foi encerrado em frente à Prefeitura  onde estavam expostos os quatro caminhões de coleta de lixo adquiridos recentemente pelo Município. O curso Técnico em Infraestrutura Escolar é constituído por 28 alunos, sendo 14 servidores de escolas estaduais e 14 dos estabelecimentos de ensino da Rede Municipal. O Profuncionário é coordenado pela professora Elizeth Cardoso.


Comentar desde tu Facebook